MLB 2020 – Prévia AL Central


Saindo do oeste para a divisão central da Liga Americana. Seu dono trocou de mãos, e apenas um postulante investindo para dar o próximo passo.

Chicago White Sox


Campanha em 2019: 72-89 (terceiro colocado da AL Central)
A expectativa em torno do White Sox gerava dúvidas sobre os seus talentos e se realmente teriam vida longa na MLB com uma das melhores farms da atualidade. Eloy Jimenez, um dos três melhores prospectos de 2019, estreou nas grandes ligas. Mesmo com problemas pessoais e algumas idas para a lista de lesionados, deixou boa impressão. Yoan Moncada, principal prospecto de 2017, finalmente teve uma temporada digna daquilo que se esperava. Mas o destaque vai para Tim Anderson, que foi ao lado de Jose Abreu as armas ofensivas mais letais em South Side. No montinho, Lucas Giolito apagou a impressão deixada em 2018 e o bullpen viveu seus altos e baixos.

Estatística positiva em 2019
Um dos líderes em jogos completos da AL, junto com Cleveland (6)

Estatística negativa em 2019
Terceiro pior da AL em Home Runs (182) e corridas (708). Em WAA, ficou em último entre os OF (-6.7)

Fazendo história interna


Um dos maiores contratos da história da franquia, Yasmani Grandal chega com a responsabilidade de assumir o home plate pelos próximos anos. Catcher que vem do melhor ano da carreira em Milwaukee, foi uma das principais contratações da inter-temporada.

A considerar: Nomar Mazara (OF), Dallas Keuchel (LHP), Edwin Encarnacion (DH), Steve Cishek (RHP) e Gio Gonzalez (LHP)

Nova casa
Foram poucas baixas significativas no elenco de Chicago. Talvez a que mais seja lembrada seja Ivan Nova, que foi para o rival Tigers.

A considerar: Welington Castillo (C) e Thyago Vieira (RHP)

Campanha projetada (via fangraphs): 30-30 (cresce a hype para 2021)

IL (Injured List): Jose Ruiz (RHP)

Optou por não participar da temporada: Michael Kopech (RHP)

– Lineup
Tim Anderson (SS)
Yoan Moncada (3B)
Jose Abreu (1B)
Yasmani Grandal (C)
Edwin Encarnacion (DH)
Eloy Jimenez (OF)
Nomar Mazara (OF)
Luis Robert (OF)
Leury Garcia (2B)

Rotação
Lucas Giolito (RHP)
Dallas Keuchel (LHP)
Reynaldo Lopez (RHP)
Dylan Cease (RHP)
Gio Gonzalez (LHP)

Bullpen
Alex Colome (RHP)
Aaron Bummer (RHP)
Steve Cishek (RHP)
Evan Marshall (RHP)
Kelvin Herrera (RHP)
Jace Fry (LHP)
Jimmy Cordero (RHP)
Ian Hamilton (RHP)
Tayron Guerrero (RHP)
Carlos Rodon (LHP)
Carson Fulmer (RHP)

Prospecto a ser observado: Luis Robert (OF – Prospecto #3 do top 100 da MLB Pipeline)


Sim, o nome dele já aparece no lineup. Outfielder com grande potencial, fez ótima temporada nas ligas menores e teve seu contrato renovado no começo do ano para assegurá-lo na equipe. É outro grande talento que pode fazer muito barulho já em 2020, com o objetivo pessoal de ganhar o ROY pela AL.

Cleveland Indians


Campanha em 2019: 93-69 (segundo colocado na AL Central)
Cleveland tinha todo o cenário ideal para mostrar que manteria o posto de ‘Rei da Central’. Mas o final da trajetória não foi dos melhores. Após tirar a diferença do Twins, a equipe caiu de produção nos jogos finais, perdendo seis das últimas oito partidas. Sem seu ace e outro pitcher negociado, a rotação sofreu. O bullpen manteve um bom nível, nas estatísticas. Entre os jogadores de lineup, Carlos Santana jogou muito bem, mas Jose Ramirez ficou devendo e Francisco Lindor, mesmo com uma temporada dentro dos seus padrões, não foi suficiente para um desfecho diferente. A afirmação de Oscar Mercado foi outra boa notícia em Ohio. E a franquia terá nova identidade em breve, após os protestos ganharem força e a direção atender o pedido daqueles que pediam por mudança. Será que o Spiders voltará à ativa?

Estatística positiva em 2019
Além dos jogos completos, Cleveland foi o primeiro em CG shutout da AL (5). Dessa vez, com mais que o dobro do segundo colocado

Estatística negativa em 2019
Para quem acredita que DH é tranquilo, o da equipe foi o calcanhar de Aquiles no WAA, que foi o pior (-1.3)

Eficaz


Cleveland não ousou no mercado e foi modesto. A principal aquisição é pontual e se trata do 2B César Hernandez, ex-Phillies. Com a lacuna deixada na posição, o bom segunda base pode preenche-la sem nenhum problema.

A considerar: Domingo Santana (OF) e Dominic Leone (RHP)

Difícil entender
Não vai ser fácil para o torcedor da Tribo olhar para o montinho e não ver mais o camisa #28. Corey Kluber foi negociado para o Rangers e é a principal perda da equipe até aqui. Pelo retorno, foi mais ‘para se livrar’ do que qualquer outra coisa.

A considerar: Jason Kipnis (2B), Kevin Plawecki (C) e Tyler Clippard (RHP)

Campanha projetada (via fangraphs): 31-29 (ainda tem gasolina no tanque)

IL (Injured List): DeLino DeShields (OF)

– Lineup
Cesar Hernandez (2B)
Jose Ramirez (3B)
Francisco Lindor (SS)
Carlos Santana (1B)
Franmil Reyes (DH)
Domingo Santana (OF)
Tyler Naquin (OF)
Oscar Mercado (OF)
Roberto Perez (C)

Rotação
Shane Bieber (RHP)
Mike Clevinger (RHP)
Carlos Carrasco (RHP)
Aaron Civale (RHP)
Zach Plesac (RHP)

Bullpen
Brad Hand (LHP)
Nick Wittgren (RHP)
James Karinchak (RHP)
Adam Cimber (RHP)
Oliver Perez (LHP)
Phil Maton (RHP)
James Hoyt (RHP)
Dominic Leone (RHP)
Adam Plutko (RHP)
Hunter Wood (RHP)

Prospecto mais badalado: Nolan Jones (3B – Prospecto #42 do top 100 da MLB Pipeline)


Se o Indians partir para a reconstrução, esse pode ser o primeiro nome a chegar na MLB. O terceira base é o melhor na atual safra do time e vem de mais um ano sólido nas ligas menores.

Detroit Tigers


Campanha em 2019: 47-114 (último colocado da AL Central)
Não foi brincadeira quando se falava que o Tigers seria a pior campanha da MLB em 2019. Só não igualou a campanha do Orioles de 2018 por um dos jogos adiados não ser remarcado por não interferir na classificação final. A situação foi complicada, pois o líder em Home Runs da equipe teve apenas 15 (Pete Alonso, sozinho, mais que triplicou) e com nenhum pitcher chegou a 10 vitórias e ERA médio geral de 4,5. Shane Greene destoou e logo em seguida foi negociado. O mesmo para Nicholas Castellanos. Salvo alguns ‘achados’ como Victor Reyes, Niko Goodrum e Harold Castro, o ano de Detroit foi um script fiel do rebuild.

Estatística positiva de 2019
O ano foi difícil, e mesmo assim Detroit liderou em um quesito na AL: rebatidas triplas (41)

Estatística negativa de 2019
A lista é grande, mas aqui não tem como deixar de citar o quanto os jogadores ‘não-pitchers foram prejudiciais (-24.6 em WAA)

Retomada


Buscando renovar em algumas posições para preservar sua ótima e promissora farm, Jonathan Schoop foi um dos investimentos a curto prazo. All-Star em 2017, o jogador vive de lampejos desde então. Uma ida para Detroit pode dar novo gás para ambas as partes.

A considerar: C.J. Cron (1B), Austin Romine (C), Cameron Maybin (OF) e Ivan Nova (RHP)

A fase foi tão ruim que…
A única perda que pode ser considerada é a do shortstop Ronny Rodriguez, que chegou a ter bons momentos em Motor City. Foi colocado na lista dos dispensáveis ao final da temporada.

Campanha projetada (via fangraphs): 24-36 (insuficiente para a pick #1)

IL (Injured List): Sergio Alcantara (2B/SS), Isaac Paredes (SS/3B/2B), Daz Cameron (OF), Alex Faedo (RHP), Daniel Norris (LHP), Tarik Skubal (LHP) e Jordan Zimmermann (RHP)

– Lineup
Cameron Maybin (OF)
Niko Goodrum (SS)
Miguel Cabrera (DH)
C.J. Cron (1B)
Jonathan Schoop (2B)
Jeimer Candelario (3B)
Christin Stewart (OF)
Austin Romine (C)
JaCoby Jones (OF)

Rotação
Matthew Boyd (LHP)
Ivan Nova (RHP)
Spencer Turnbull (RHP)
Tyler Alexander (LHP)
Michael Fulmer (RHP)

Bullpen
Joe Jimenez (RHP)
Buck Farmer (RHP)
Jose Cisnero (RHP)
Bryan Garcia (RHP)
Gregory Soto (LHP)
David McKay (RHP)
Nick Ramirez (LHP)
John Schreiber (RHP)
Beau Burrows (RHP)
Rony Garcia (RHP)

Prospecto a ser observado: Spencer Torkelson (3B – Escolha #1 do draft 2020)


Principal jogador da última seletiva, chega com um potencial imenso para a MLB. Quebrou o recorde de Home Runs em uma temporada na sua universidade, Arizona State, que pertencia ‘só’ a Barry Bonds. Melhor pure hitter da classe, é para causar, no melhor cenário, impacto imediato mesmo sem passar pela MiLB.

Kansas City Royals


Campanha em 2019: 59-103 (quarto colocado da AL Central)
Dentro do esperado para mais um ano em reconstrução. Kansas City vai lapidando os seus jogadores e em 2019 uma nova marca foi estabelecida pelo OF/DH, Jorge Soler: o de Home Runs em uma temporada na história da equipe (48). Além dele, Whit Merrifield renovou contrato com a temporada em andamento e Bubba Starling fez sua tão aguardada estreia na MLB. Dentre os pitchers, o ressurgimento de Ian Kennedy, agora como fechador.

Estatística positiva de 2019
Melhor fielding da AL (.988) e segundo que cometeu menos erros (73). Além de ser o sexto que menos cedeu HRs (221).

Estatística negativa de 2019
Não fosse Soler, fatalmente seria o pior em HRs. Ficou acima apenas de Detroit na AL (162).

Isso é tank!
Nada de grandes alardes no lado azul do Missouri. Apenas um nome que também busca por afirmação chegou. Se trata do 3B Maikel Franco, após um 2019 apagado em Philadelphia, chegando a passar parte da temporada nas ligas menores.

A considerar: Chance Adams (RHP), Alex Gordon (OF), Jesse Hahn (RHP), Greg Holland (RHP) e Franchy Cordero (OF)

Decepção


A mais significativa das saídas foi em torno do que se esperava de um top 100, mas que não deu em nada. Emilio Bonifacio, dispensado na inter-temporada, não deve deixar saudades.

Campanha projetada (via fangraphs): 26-34 (falou em rebuild?)

IL (Injured List): Nick Dini (C), Cam Gallagher (C), Meibyrs Viloria (C), Ryan O’Hearn (1B), Kelvin Gutierrez (3B/1B), Matt Reynolds (SS/OF), Jakob Junis (RHP) e Daniel Tilo (LHP)

– Lineup
Whit Merrifield (OF)
Adalberto Mondesi (SS)
Jorge Soler (DH)
Hunter Dozier (3B)
Alex Gordon (OF)
Salvador Perez (C)
Franchy Cordero (OF)
Ryan McBroom (1B)
Nicky Lopez (2B)

Rotação
Danny Duffy (LHP)
Mike Montgomery (LHP)
Jorge Lopez (RHP)
Brad Keller (RHP)
Brady Singer (RHP)

Bullpen
Ian Kennedy (RHP)
Scott Barlow (RHP)
Greg Holland (RHP)
Trevor Rosenthal (RHP)
Josh Staumont (RHP)
Kevin McCarthy (RHP)
Glenn Sparkman (RHP)
Randy Rosario (LHP)
Chance Adams (RHP)
Jesse Hahn (RHP)
Stephen Woods (RHP)

Prospecto a ser observado: Bobby Witt Jr (SS – Prospecto #10 do top 100 da MLB Pipeline)


Com a segunda escolha de 2019, Kansas City assegurou o que é apontado como a nova superestrela entre os shortstops. Certo que as comparações com Alex Rodriguez vem a tona e ainda se tratando de um jogador que saiu direto do high school. O menino tem muito a ser lapidado em um rebuild de longo prazo, que está sendo adotado nos lados do Kauffman.

Minnesota Twins


Campanha em 2019: 101-61 (campeão da AL Central; eliminado na ALDS)
A melhor campanha em muito tempo. Apenas a segunda vez que a franquia passou da marca centenária em vitórias. Um time que contrariou o prognóstico e destronou Cleveland do domínio na divisão e com quebra de recorde da liga, como time, de maior número de Home Runs na temporada regular (307). A mescla de nomes jovens, que estouraram na hora certa, com veteranos que ainda produzem foi muito bem acertada. A varrida na ALDS foi um golpe duro para um time que deu muito orgulho ao seu torcedor. Mas deu o recado para a liga que sim, o Twins voltou a estar entre os cabeças da AL.

Estatística positiva de 2019
O ataque foi magistral e até rendeu uma estatística curiosa: Minnesota foi o time que o melhor WAA entre os pinch-hitters na AL (0.6).

Estatística negativa de 2019
Como nem tudo são flores, foi a terceira pior da AL em erros defensivos (111).

Investimento


E nada mais significativo para mostrar que vai competir é assinar com um dos melhores jogadores disponíveis no mercado: Josh Donaldson. MVP em 2015, o 3B chega para se afirmar na posição após boa passagem por Atlanta na última temporada. O ataque, que já era explosivo, promete ser ainda mais em 2020.

A considerar: Kenta Maeda (RHP), Michael Pineda (RHP), Homer Bailey (RHP), Sergio Romo (RHP), Alex Avila (C), Tyler Clippard (RHP) e Rich Hill (LHP)

8 ou 80
Kyle Gibson mostrou um bom beisebol em 2019, mas não teria espaço com as novas aquisições e acabou mudando de equipe. Se os que ficaram ou contratados implodirem…

A considerar: Jonathan Schoop (2B), C.J. Cron (1B), Jason Castro (C), Trevor Hildenberger (RHP), Martin Perez (LHP) e Kohl Stewart (RHP)

Campanha projetada (via fangraphs): 32-28 (vence a divisão)

IL (Injured List): Williams Astudillo (C) e Wilfredo Tovar (SS)

– Lineup
Max Kepler (OF)
Jorge Polanco (SS)
Nelson Cruz (DH)
Josh Donaldson (3B)
Eddie Rosario (OF)
Mitch Garver (C)
Luis Arraez (2B)
Miguel Sano (1B)
Byron Buxton (OF)

Rotação
Jose Berrios (RHP)
Jake Odorizzi (RHP)
Kenta Maeda (RHP)
Homer Bailey (RHP)
Rich Hill (LHP)

Bullpen
Taylor Rogers (LHP)
Trevor May (RHP)
Sergio Romo (RHP)
Tyler Clippard (RHP)
Tyler Duffey (RHP)
Zack Littell (RHP)
Cody Stashak (RHP)
Matt Wisler (RHP)
Lewis Thorpe (LHP)
Randy Dobnak (RHP)
Devin Smeltzer (LHP)

Prospecto a ser observado: Royce Lewis (SS – Prospecto #9 do top 100 da MLB Pipeline)


Primeira escolha geral de 2017 que se afirmou e está entre os melhores da MLB para o futuro. Em outra perspectiva, atrai interesse de equipes em um hipotético ‘win-now‘ de Minnesota, dependendo do retorno e/ou ‘desespero’. Independente disso, é jogador para os próximos anos de MLB.

Lineup, rotação, bullpen e lista de lesionados foram retiradas do site Roster Resource

Um comentário sobre “MLB 2020 – Prévia AL Central

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.